Cdial Halal avalia positivamente jantar na CNA com Jair Bolsonaro

Cdial Halal avalia positivamente jantar na CNA com Jair Bolsonaro

Evento promovido pela ministra Tereza Cristina, da Agricultura, reuniu entidades árabes e empresas ligadas ao setor, como a certificadora Cdial Halal.

Agro & Etc

abril 11, 2019

0

O diretor executivo da Cdial Halal, Ali Saifi, foi um dos executivos que participaram do jantar oferecido pela CNA, a Confederação Nacional da Agricultura, em Brasília, no dia 10 de abril. Ação promovida pelo Ministério da Agricultura e Pecuária, o jantar teve como objetivo reunir embaixadores e empresários árabes visando diminuir o desconforto gerado entre países árabes e o Governo Federal por ocasião da visita do presidente Jair Bolsonaro a Israel, em março.

Contando com a presença de Bolsonaro e o ministro das relações exteriores, Ernesto Araújo, o encontro foi visto de forma positiva por executivos ligados às certificadoras Halal, como é o caso de Ali Saifi, da Cdial Halal. Segundo ele, foi um evento de aproximação muito importante com várias autoridades do governo e representantes oficiais da comunidade islâmica. “Os discursos da ministra da Agricultura, Tereza, e do ministro Ernesto Araújo, de Relações Exteriores, foram muito positivos. Acredito que a comunidade esperava um pouco mais do presidente. Entendo as dificuldades do governo para tomar posição neste momento sensível, mas esperávamos um discurso mais completo, objetivo e com ações efetivas. Porém, o evento foi bom e temos expectativas que estes encontros sejam mais frequentes e que tenhamos boas notícias em breve”, ressalta o diretor-presidente. 

Antes do jantar, Ali esteve reunido com o presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), deputado federal Alceu Moreira (MDB-RS). "Foi um excelente encontro. Alceu está ciente da importância do nosso setor para a economia brasileira. Estou otimista que poderemos seguir mantendo o bom relacionamento que sempre tivemos com as autoridades do Brasil", disse Saifi.

(Fonte e fotos: assessoria de imprensa da Cdial Halal)

0 Comentários